CURSOS PROFFEL

Laboratório de Resinas
O Proffel – Instituto de Odontologia, localizado em Florianópolis (SC), tem o imenso prazer em convidá-lo(a) para o Laboratório de Resinas através das Semanas Intensivas I e II. Novos Conceitos, Novas Técnicas e Novos Materiais, ministrado pelo professor Luís A. Felippe (Mestre e Especialista em Dentística Operatória).

 

Esta disciplina está no 14o ano, com 580 dentistas de todo o Brasil formados, sendo oferecida na versão Intensiva (2 vindas = 2 semanas). O Prof. Felippe faz um curso de dois dias, ao vivo com paciente (reabilitação), que faz parte do intensivo, configurando como data extra para os alunos.

Todo o programa de ensino do Instituto Proffel (Prof. Felippe) visa ao aprendizado da REABILITAÇÃO ESTÉTICA OCLUSAL COM RESINAS, a técnica do momento, considerado pelo professor o grande marco na transformação da sua carreira para melhor, bem como nas carreiras de vários especialistas que concluíram o programa. Todos os exercícios feitos pelo aluno são primeiro demonstrados pelo professor em um amplo monitor. Logo após cada etapa, o aluno desenvolve seu exercício. “Com esse método, consigo homogeneizar os resultados do grupo em alto nível. Dessa forma, é fundamental que o aluno leia o livro “Resinas Compostas: A EVOLUÇÃO”. As semanas intensivas do Laboratório de Resinas, parte do Programa de Reabilitação Estética Oclusal do Proffel – Instituto de Odontologia, foram criadas para facilitar o deslocamento até Florianópolis, melhor aproveitamento do tempo e custo.

Todos os materiais são fornecidos pelo Instituto Proffel, exceto kit de canetas e motores (kit acadêmico).

Abril 19 a 23

PROGRAMA DA SEMANA I (48h) Início: segunda-feira às 14h/ Término: sexta-feira às 17h. Exercícios desenvolvidos em modelos especiais com dentes importados, prensados em 4 camadas e considerados os mais bonitos dentes artificiais do mundo. Modelo com ligamento periodontal. O Laboratório de Ensino do Proffel – Instituto de Odontologia possui as mais avançadas tecnologias para que seu exercício fique igual à demonstração do professor. Aulas e exercícios da semana 1: Seleção e reprodução da cor com Resinas Compostas (teórica 4h): Os novos conceitos sobre cor (matiz, croma e valor), opacidade, translucidez, opalescência, fluorescência serão transformados em um protocolo simples de entender e aplicar. Evolução das resinas no mercado. Como montar um bom sistema de resinas e como evitar os erros óbvios. Nosso conjunto tem 12 cores (4 dentinas, 4 esmaltes e 4 translúcidos), uma pasta opaca e uma flow. Vamos aprender a usá-los com grande eficiência, iniciando com uma bela aula teórica de 4h sobre o assunto: Capítulo I do Livro do Professor.

Ex. 1: Classe IV (prática 4h): Preparo, teste da cor, método atual de inserção das camadas, guias, detalhes, dentinas x esmaltes, acabamento e polimento. Uma restauração bonita sem marcas.

Ex. 2: Faceta tipo lente de contato do 21, menos de 0,5 mm de espessura (prática 2h).

Ex. 3: Faceta do incisivo central escurecido (prática 6h): Técnica de mascaramento do fundo escuro com 20 anos de amadurecimento da técnica. O Prof. Luís A. Felippe é um dos pioneiros mundiais dessa técnica, com vários artigos internacionais referenciados em todo o mundo. Sua primeira publicação internacional foi reproduzida em quatro idiomas. “Aprendemos muito ao longo dos anos, em especial como deixar o resultado natural sem muito desgaste e enfraquecimento”. Aula teórica resumida sobre facetas de resina e reconstrução de dentes anteriores de resina (teórica 1h). Aula teórica sobre planejamento e transformação de sorrisos. Criar sorrisos é uma arte, mas precisa de estratégias, em especial o entendimento do que os pacientes querem, como eles são e o que de fato podemos fazer com resultados naturais. Diastemas, conóides, dentes mal formados, transformações, pós-ortodôntica, com análise do sorriso são primeiro discutidos em uma aula teórica de 4h. As soluções clínicas apresentadas pelo professor foram resultado do seu trabalho clínico com casos indicados por muitos profissionais. Regras básicas para diagramar um novo sorriso, ou matemática do sorriso. “Explicar um sorriso de forma numérica aumenta o entendimento dos alunos e sua capacidade de realização. Por outro lado, nem todos temos senso artístico suficiente para ter segurança, fato que atrasa a evolução do aluno na arte de diagramar sorrisos.” Por isso há necessidade de estratégia.

Ex. 4: Um dos casos mostrados na aula teórica foi transformado em exercício prático de modificação do sorriso (prática 12h). Serão feitas 6 facetas diretas por cada aluno de acordo com as fórmulas de cor e matemática do sorriso, vistas no programa I e II. Diastemas serão fechados e caninos serão transformados em laterais. Este exercício é tremendamente trabalhoso e fundamental para o curso. Tudo inicia com o enceramento (projeto) dos 6 dentes, feitos pelo aluno com a rápida técnica do professor. Logo após as avaliações e correções, guias de transferência são geradas para dar início ao processo de transferência múltipla das restaurações, outra técnica revolucionária do Prof. Felippe.

– Texturização (prática). Este assunto se inicia com o primeiro exercício de Classe IV e continua com os demais exercícios. Textura, forma, cor e brilho são aspectos fundamentais que serão constantemente checados nos exercícios para compor a caixa ESTÉTICA, que serve de mostruário para as sessões de orçamento com os pacientes, entregue na segunda semana.

– Pigmentos associados às resinas (teórica 1h). Quando o dentista fica conhecido na sua comunidade, casos mais difíceis chegam ao consultório, necessitando a personalização dos trabalhos. Estes casos envolvem: gengiva artificial, cores fora de linha nas resinas e outras dificuldades que podem ser melhoradas com a ajuda dos pigmentos. “Dedico 8h de aprendizado à técnica que me fez ficar muito conhecido como um bom dentista junto à minha comunidade”. Vários exercícios serão usados para isso, descritos no Capítulo 3 do Livro (prática 6h). A modificação das cores com pigmentos permite infinitas possibilidades, mantendo o número básico de 12 seringas empregado no curso. Você vai abrir a mente e se apaixonar por esta técnica. Vários exercícios de modificação das cores e gengiva artificial serão feitos.

Classe III (teórica 1h e prática 2h). Demonstração das 10 estratégias clínicas contra o halo acinzentado que tanto incomoda os pacientes. Uma delas será a solução para o seu problema em Classe III. Rápido exercício de 1h.

Classe V (teórica 1/2h e prática 1h). Tudo o que você já sabe e o que ainda não sabe, incluindo sensibilidade cervical. Exercício associado com os pigmentos do programa 4, cervical em duas cores, metade cor de dente e metade cor de gengiva: genial!

– Embora essas técnicas sejam discriminadas pela maioria dos cursos, uma revisão teórica e uma prática ajudam a errar menos no consultório. Este assunto, classe III e V, é ministrado no final da semana de acordo com o tempo.

OBS: NÃO ESQUEÇA DE AGENDAR A DATA DA REABILITAÇÃO AO VIVO EM PACIENTE QUE O PROFESSOR FARÁ EM 2020 – 2 DIAS. ATENÇÃO: Para o período do curso, temos opções de hospedagem com valores especiais para alunos do Instituto Proffel na charmosa Quinta da Beira (quintadabeira.com.br), hotel ou chalés, todos localizados na Lagoa da Conceição e próximos ao instituto. Solicite-nos mais informações por e-mail. Solicite-nos informações detalhadas sobre todo o programa pelo e-mail proffel@proffel.com.br ou pelo telefone (48) 3234-3877 (falar com Ana Paula).

Laboratório de Resinas II
Laboratório de Resinas - 17 a 21 de Maio . O Instituto Proffel, localizado em Florianópolis (SC), tem o imenso prazer em convidá-los para a Semana INTENSIVA 2 que faz parte do LABORATÓRIO DE RESINAS, DISCIPLINA MAIS IMPORTANTE DO INSTITUTO PROFFEL e com 450 dentistas formados de todo Brasil.

 

Na Semana 1 a maior importância foi dada aos dentes anteriores. Na semana 2 os dentes posteriores, coroas sobre dente e implante, núcleos, e adesivas complementam o pacote de conhecimentos necessários para restaurar e reabilitar bem com resinas. “É importante lembrar que a beleza das resinas já existe há algum tempo, mas outros fatores como a super-resistência à fratura e ao desgaste, bem como as propriedades reológicas de aplicação dos novos materiais surpreendem até os mais experientes.”

HORÁRIO DAS AULAS

Início: 17 de Maio 

Témino: 21 de Maio

No primeiro dia, segunda-feira, as aulas se iniciam às 14h para o deslocamento dos dentistas que vêm de todo Brasil a Florianópolis. Nos demais dias, de terça em diante, as aulas se iniciam às 8h e terminam às 19h.

Na semana INTENSIVA 2, os seguintes programas serão abordados:

PROGRAMA 3 – Resina direta em dentes posteriores (12h, seg. e terça)

1 – Seleção da Técnica: O início do sucesso.

2 – Efeito dupla camada para obter o efeito “camaleão”.

3 – Porquê as restaurações de RC em dentes posteriores doem mais do que em dentes anteriores?

4 – Causas para a dor pós-operatória e como evitá-la. Princípio da hidrodinâmica de Brannstrom; Adesivos universais e sua menor agressão ao sistema capilar dentinário, nor dor residual. Revisão completa sobre adesão, adesivos. Visão simples, objetiva e inserida na prática diária.

5 – Resinas flow, resinas condensáveis, resinas bulk fill e área de contato proximal; Técnicas revolucionárias do Prof. Felippe.

6 – Como proceder com as restaurações feitas que estão doendo no paciente?

7 – Manejo de lesões de cárie profunda em posteriores que serão restaurados com resina composta. Conceitos atuais na remoção da cárie.

8 – Conceitos atuais sobre polimerização das resinas.

9 – Adesivos e cimentos autocondicionantes já são usados por mais de 60% dos dentistas na Europa. Vamos descobrir o por quê.

10 – As 10 estratégias clínicas contra a dor pós-operatória.

11- A TÉCNICA JAPONESA para restaurações diretas com mínimo ajuste oclusal. A revolucionária técnica.

PROGRAMA 5 – Resina indireta em dentes posteriores (12h, terça e quarta)

1 – Indicação: cavidade x resina x porcelana.

2 – Preparo: quando reduzir cúspides.

3 – Moldagem e provisórios; os modernos alginatos que substituem os caros silicones.

4 – Etapas laboratoriais do Onlay e resina de A a Z.

5 – Cimentação: cimentos de todos os tipos, incluindo os autocondicionantes.

6 – Onlays pela técnica da matriz de acrílico: Control C e Control V. Técnicas e materiais alternativos.

7 – Onlays CAD-CAM demonstrativo pelo professor x o melhor Onlay dos alunos. Comparativos entre os prós e os contras das tecnologias CAD-CAM, de forma real o objetiva.

PROGRAMA 9 – Núcleos de fibroresina, Coroas de resina, Próteses de fibroresina, Coroas sobre implante de resina (16h, quinta e sexta).

1 – Revisão sobre indicações e tipo de núcleos. Evitar o sobre uso dos pinos de fibra que está acontecendo. Vamos tratar esse assunto com cuidado, especialmente para os dentistas mais jovens.

2 – Revisão sobre o posicionamento atual da fibroresina na Odontologia.

3 – Núcleo de fibroresina e coroa de resina para o incisivo lateral superior. Essas técnicas sobre núcleo fundido de metal o sobre núcleo de fibra é muito utilizada aqui no Instituto, com enorme sucesso. Torna o resultado previsível para o dentista e econômico para o paciente.

4 – Prótese adesiva com 1 pôntico no dente 15. Preparo, infraestrutura de fibra e pôntico. Também será demonstrada pelo professor a mesma situação em um dente anterior.

5 – Reabertura de um implante em modelo, utilização de um pilar protético e confecção de uma coroa de resina cobre implante do início até o torque do parafuso.

OBS: NÃO SE ESQUEÇA DE AGENDAR A DATA DA REABILITAÇÃO AO VIVO EM PACIENTE QUE O PROFESSOR FARÁ EM 2018 – 2 DIAS.

ATENÇÃO: Para o período do curso, temos opções de hospedagem de hotel ou de chalés completos, que acomodam até 06 pessoas, com valores especiais para alunos do Instituto Proffel. Ambos localizados na Lagoa da Conceição e próximos ao instituto. Solicite-nos mais informações por e-mail.

Solicite-nos informações detalhadas sobre todo o programa pelo e-mail proffel@proffel.com.br ou pelo telefone (48) 3234-3877 (falar com Ana Paula).

Laboratório de Enceramento
Estética – 21 a 22 de Junho PROGRAMA COM 16H - DOIS DIAS. Início: segunda-feira, dia 21 de Junho de 2020, às 13h30. O Instituto Proffel, localizado em Florianópolis (SC), tem o imenso prazer de convidá-los para o LABORATÓRIO DE ENCERAMENTO PARA REABILITAÇÃO, nos dias 21 a 22 de Junho como parte da semana Intensiva de Reabilitação 2020

 

A Reabilitação moderna com resinas exige rapidez, precisão e qualidade. O enceramento comprado pode atrapalhar esses aspectos, custando entre 25 e 80 reais/dente. Também vejo que essa forma de ser dentista, comprando o projeto de cera, atrapalha a evolução do aluno. Torna-se necessário saber o que fazer na cera primeiro, para depois fazer de resina, na boca, com maior domínio. Vejo o grande salto que ocorre na qualidade dos alunos que enceram seus casos. Mas técnicas ilusionistas, demoradas e esnobes, com gotinhas de cera colorida, frustram o dentista, que se sente incapaz de dominar o material mais fácil e amigo da Odontologia: A CERA.

Convido vocês a encerar com guias e conceitos desenvolvidos por mim, resultando em grande eficiência e independência. Prof. Luís Felippe.

* Modelos montados em ASA serão encerados, em um total de 20 dentes por aluno.

* Revisão de toda a técnica e protocolo.

* Escolha das melhores áreas de oclusão.

* Material do aluno: gotejador elétrico, compasso seco, lata de cera macia cor cinza da Crowax, espátula Hollemback, escova de dente macia.

Laboratório de Reabilitação Estética Oclusal
Laboratório de Reabilitação Estética Oclusal (Aumento da DVO e Estética Anterior) de 23 a 25 de Junho . O Instituto Proffel, localizado em Florianópolis (SC), tem o imenso prazer em convidá-lo para o curso Laboratorial de Dimensão Estética Oclusal (DVO), que será realizado de 23 a 25 de junho de 2020, iniciando-se às 8h, ministrado pelo professor Luís A. Felippe (Mestre e Especialista em Dentística Operatória).

Durante o programa, cada aluno faz a Reabilitação de 20 dentes: 06 anteriores superiores (estética) e 14 inferiores (altura oclusal e estética).

Em três anos do programa, mais de 200 dentistas já fizeram o exercício que é melhorado a cada grupo para ficar mais fácil de ser entendido e praticado. O retorno é imediato na clínica devido à grande necessidade dos pacientes.

PROGRAMA DO CURSO:

  1. Teórica de revisão sobre a Reabilitação Estética Oclusal com os conceitos desenvolvidos pelo professor Luís A. Felippe;
  2. Planejamento do caso: nova altura (DVO), nova posição mandibular (CÊNTRICA). Posicionador x desprogramador;
  3. Registros, modelos e transferência para o ASA com plano de Camper. Conferência da precisão;
  4. Enceramento dos modelos: demonstrativo pelo professor com guias e conceitos que tornam essa etapa rápida e precisa. Padrão oclusal e estético;
  5. Guias de transferência das restaurações em cera para as restaurações de resina. Guia múltipla anterior de silicone e posterior de acrílico;
  6. Reabilitação dos dentes anteriores superiores e inferiores;
  7. Reabilitação dos dentes posteriores;
  8. Ajuste oclusal, acabamento e polimento, conferência das guias caninas;
  9. Demonstração de uma placa de Michigan bem feita pelo próprio dentista.
Curso Clínico de Reabilitação com pacientes
O implante dental é um peqCurso Clínico de Reabilitação com Pacientes - Turma 8/2018 O Instituto Proffel, localizado em Florianópolis (SC), tem o imenso prazer em convidá-lo para a etapa clínica de treinameno do Programa de Reabilitação Estética Oclusal ministrado pelo professor Luís A. Felippe (Mestre e Especialista em Dentística Operatória).ueno cilindro confeccionado em titânio puro que lembra um parafuso, o titânio é um material que se adapta muito bem ao nosso corpo, evitando reações adversas, ou seja, implantes não são rejeitados pelo organismo.

PRÉ-REQUISITOS: ETAPA LABORATORIAL DE RESINAS E LABORATORIAL DE DVO CONCLUÍDOS PELO ALUNO. Confira o vídeo do nosso programa de Reabilitação Estética Oclusal em: https://www.youtube.com/watch?v=0D2y9OdL6zo OBJETIVO GERAL: Capacitar o profissional para atuar em um amplo espectro de procedimentos relacionados com a odontologia estética, abrangendo as especialidades: oclusão, dentística, prótese, periodontia e implantodontia.

Objetivos específicos:

1. Aplicar, de forma clínica, os aprendizados de todo o PROGRAMA DE WORKSHOPS (Etapa Laboratorial de Treinamento);

2. Plano de tratamento, fotografia oral e apresentação, álbum clínico, troca de informação em teóricas bem escolhidas, dominar e ampliar os (horizontes) procedimentos realizados. Pacientes: previamente triados e preparados pelo Instituto Proffel.

O pagamento da parte protética dos tratamentos será ao encargo do paciente. Faltas sem tempo hábil não serão toleradas. Materiais de consumo e instrumentais fornecidos pelo Instituto Proffel. Cada dupla necessita de um notebook ou similar e uma câmera digital com opção de macro-fotografia e flash. Um jogo de espelhos para fotografia intraoral. Dois pares de afastadores de lábio para fotografia intraoral.

PROGRAMA DO CURSO – Este ano oferecido na versão intensiva de 2 módulos. Duração/datas da TURMA /2018 (vagas em aberto): Módulo 1: 17 a 21 de setembro de 2018 – primeiro dia das 14h às 22h, e demais dias das 8h às 22h. Módulo 2: 12 a 16 de novembro de 2018 – primeiro dia das 14h às 22h, e demais dias das 8h às 22h.

Dúvidas, Reservas e Matrículas - Preencha o formulário abaixo

10 + 11 =

Rua Hamburgo, 47 – Córrego
Grande, Florianópolis/SC

 48 3234-3877

proffel@proffel.com.br / cursos@proffel.com.br

Resp. Téc.:
Dr. Luís A. Felippe CRO 3172

Copyright 2019 © Proffel – Instituto de Odontologia | Todos os direitos reservados

1
Olá, podemos ajudar?
Powered by